Início » Noticia » Investimentos em terminais hidroviários têm foco na expansão turística

Investimentos em terminais hidroviários têm foco na expansão turística

Nesta segunda-feira (27) é comemorado o Dia Mundial do Turismo, um dos setores prioritários do governo do Pará. Exemplo disso são as obras do Centro de Convenções de Santarém, na região oeste; o aeroporto de Salinópolis, no nordeste paraense; e ainda as construções dos terminais hidroviários no Marajó e o terminal hidroviário de Santana do Tapará, no Baixo Amazonas, que vai beneficiar a retomada da movimentação turística no Estado

"Começamos agora as obras do Centro de Convenções de Santarém, um investimento de mais de R$ 80 milhões. Inauguramos com o governador o novo aeroporto de Salinópolis. Estamos trabalhando fortemente na qualificação de mão de obra turística, que vai ajudar nessa expansão”, explica André Dias, secretário de Estado de Turismo. O gestor enfatiza que as construções são fundamentais para garantir atratividade ao Estado, e estimular mercados relacionados, como o da hotelaria e o da gastronomia.

"Primeiro passo para o turista é o acesso. Algumas dessas obras têm recursos captados pela Setur junto à Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), justamente pelo entendimento dessa necessidade para o desenvolvimento da atividade turística", reforça.

Aeroporto de Salinópolis (Foto: Bruno Cecim/Ag.Pará)

 

Centro de Convenções em Santarém

A construção, além de beneficiar o acesso à região, deve gerar mais de 700 empregos diretos e indiretos. Além de ter objetivo de reduzir os custos de passagens para que os brasileiros possam conhecer o seu próprio país. 

 

Novo Aeroporto de Salinópolis

Situado em um dos municípios mais procurados por turistas, e em uma região que tem as melhores opções de praias para veraneio, e oferta descanso e sossego para turistas e a população paraense, em geral.

Terminal Hidroviário de Passageiros e Cargas de Anajás

Localizado no arquipélago do Marajó, será reconstruído e readequado para o conforto da população, beneficiando cerca de 40 mil habitantes do município. Após a reconstrução, contará com cadeiras confortáveis, banheiros, guichês para vendas de passagens, lanchonete, salas para órgãos do governo, guarda-volumes, TV e bebedouro.

Terminal Hidroviário de Bagre

Situado no arquipélago do Marajó, também será reconstruído e readequado para o conforto da população. A obra terá cadeiras confortáveis, banheiros, guichês para vendas de passagens, lanchonete, salas para órgãos do governo, guarda-volumes, TV e bebedouro, além ter o aval que contemplará a instalação de rampa metálica coberta e flutuante coberto, para embarque e desembarque de passageiros, equipamento que o atual terminal não possui.

Terminal do Tapará (Foto: Marco Santos/Ag.Pará)

 

Terminal Hidroviário de Santana do Tapará

O novo porto, em Santarém, vai beneficiar 300 mil habitantes da região. O novo terminal conta com cadeiras confortáveis para 20 lugares; televisão; sala para órgãos do Estado; bebedouro; ar-condicionado; lanchonete; guichês para vendas de passagens e banheiros masculino, feminino e portadores de necessidades especiais, além de Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

O novo porto, em Santarém, vai beneficiar 300 mil habitantes da região. O novo terminal conta com cadeiras confortáveis para 20 lugares; televisão; sala para órgãos do Estado; bebedouro; ar-condicionado; lanchonete; guichês para vendas de passagens e banheiros masculino, feminino e portadores de necessidades especiais, além de Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

Por Carol Menezes (SECOM)