Início >> Noticia >> Cesta Feira do Turismo promove a produção agrícola do Pará

Cesta Feira do Turismo promove a produção agrícola do Pará

Que tal conhecer a produção agrícola dos municípios pertencentes à Rota Turística Belém-Bragança e seus circuitos turísticos? Essa é a proposta da Cesta Feira de Turismo, que será realizada nesta sexta-feira (29), de 08h ao meio dia, na sede da Setur Batista Campos. O evento é realizado pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur), por meio da Diretoria de Políticas para o Turismo (DPOT) e Gerência de Estruturação de Destinos Turísticos (GEDT).

O evento tem como objetivo dar oportunidade aos municípios do Estado a comercialização da produção agrícola das cidades que compõem parte do Polo Belém, do Polo Amazônia Atlântica e do Polo Marajó. “A produção agrícola pode ter no turismo um canal de comercialização e visibilidade para a localidade que produz alimentos e sabores típicos do estado do Pará. A ideia é fomentar o interesse para visitar os municípios produtores”, destaca Fátima Gonçalves, diretora de Políticas Públicas para o Turismo (DPOT) da Setur

Na sexta edição da Cesta Feira do Turismo, o destaque é a venda do licor de tucupi e da cachaça de jambu. Açaí, limão, laranja, cheiro-verde, cebolinha, couve, macaxeira, mel, própolis, farinha lavada, farinha gourmet (camarão, charque e jambu), camarão rosa e regional e mexilhão são os demais produtos que estarão disponíveis para venda ao público.

Direto do município de Bragança, Dona Alcilene Carvalho traz na bagagem os produtos da marca Filé do Mangue, com massas e patas de caranguejo, carne de siri e filé de filhote, dourada, pescada amarela e gó charuto; produtos devidamente inspecionados pela Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adepará). “Sempre participamos da Feira de Turismo, o que garante boas vendas, com a clientela fiel que procura por frutos do mar”, garante a produtora.

A Feira do Turismo também oportuniza a criação de negócios, emprego e geração de renda aos produtores de Belém, Bragança, Santa Bárbara, Santa Isabel, Igarapé-Açu, Augusto Corrêa, Curuçá, Vigia e Ponta de Pedras.

Nesta edição, o público também pode comprar pirarucu, queijo coalho, queijo minas frescal, ricota, iogurte (morango, abacaxi, coco e milho verde), polpa de frutas (cupuaçu e bacuri); além de guloseimas juninas, chocolate, doces caseiros, cosméticos naturais, artesanato, pacotes turísticos, etc. (Com a colaboração de José Augusto Pachêco)

Fotos: Israel Pegado – Ascom Setur